quarta-feira, 14 de março de 2007

Coisinhas de exata cabeceira, Não Recife (ii)

poronde ando
poronde andei

não tenho em conta as ruas e esquinas poronde.
é fato, que em tempos, vivo em ambicidades.
é não fato, que quase sempre, aprendo sim do mar e não do canavial.
é a obviedade que me divide, se queres saber.

a pequenicidade em silêncio me sitia.

Eusébio, 14.3.7.

Nenhum comentário: