quinta-feira, 17 de março de 2011

quiprocó sem trema

não que me importa a reforma ou o acordo ortográficos.
cada dia eu faço refaço invento um.

agora, não me venha dizer que
fica uma coisa pela outra.
absoluta e definitivamente: não!
chega de qüiproquó, mutatis mutandis, escreverei.



17.3.2011
Rodolfo Silva