segunda-feira, 24 de agosto de 2009

passeio de Belchior

ERA UM PACATO CIDADÃO SEM DOCUMENTO
NÃO TINHA NOME PROFISSÃO NÃO TINHA TEMPO
MAS CERTO DIA DEU-SE UM CASO
E ELE EMBARCOU NUM DISCO
E FOI LEVADO PRA BEM LONGE
DO ASTERISCO EM QUE VIVEMOS

daqui pra lá de lá pra cá
(Fagner/Zeca Beleiro/Torquato Neto)

não é por nada não, mas...
sem querer incentivar qq teoria da conspiração, mas...

ontem, peguei a reportagem sobre o Belchior, no Fantástico, no finzinho e não entendi o que era...
hoje, novamente - até me perguntei: será que Belchior morreu!?

mas, depois, entendi: ele desaparecera!

só então, percebi o que acontecera:

desconfiado de algo,
voltei-me ao encarte do primeiro disco do Belchior, de 1974,
em cuja canção passeio encontrei a resposta para o enigma:

meu pensamento
e meu sentimento
só tem o momento de fugir

no disco voador


além disso, outra coisa me chamou a atenção,
no jornal O Povo de hoje, em sua capa, mais uma pista elucidativa do misterium:


essa conjunção de "notas" das matérias não poderia ser por acaso!!


pra terminar tal elucidação,
deixo dois vídeos importantíssimos para o estudo do caso:


Vídeo amador de OVNI em Mulungu - possivelmente com Belchior a bordo, e cantando!



E a última aparição telúrica do cantor, em show de Tom Zé (um ser, notadamente, de outro planeta), em Brasília (lugar, notadamente, de outro planeta).



24.8.9.
Rodolfo Silva

3 comentários:

cadaFalso disse...

genial, rodolfo! rsrsrs
vc viu o depoimento da josy no fantástico?

Waleska Santiago disse...

Rodolfo estou com saudades! Um dia te vi de longe, mas o carro passou rápido e não pude falar... a vida passou rápido! Quero te ver. Um beijo. Marisangela

Waleska Santiago disse...

essa conta é da minha prima. Meu telefone é 3284 5490 e 88139404.