quarta-feira, 11 de abril de 2007

notas de viagem, Recife, Olinda

a ponte (Lenine e Lula Queiroga)

como é que faz pra sair da ilha?
pela ponte pela ponte
a ponte não é de concreto
não é de ferro não é de cimento
a ponte é até onde vai meu pensamento
a ponte não é para ir nem para voltar
a ponte é somente atravessar
caminhar sobre as águas desse momento
a ponte nem tem que sair do lugar
aponte pra onde quiser
a ponte é o abraço do braço de mar com a mão da maré


noto que andei por ruas pontes ladeiras igrejas gentes
nada que ninguém normal nunca não notasse
nato de lá freudianamente fundado onze anos

derby boa vista dantas barreto pontes marco zero recife
ouro preto bultrins V8 sé ladeiras patrimônio olinda

Eusébio, 11.4.7.
Rodolfo Silva

Nenhum comentário: